domingo, 4 de dezembro de 2011

Tertúlia sobre a Guerra de África



Como previsto, decorreu na tarde de 4 de Dezembro uma tertúlia evocativa do ano de todos os perigos: 1961, agora que decorreram 50 anos de mudanças vertiginosas.
Em 1961 estava-se em plena crise dos misseis em Cuba, Kennedy subira ao poder nos Estados Unidos, atormentado pelo vendaval da história, no sentido democrático e descolonizador, Portugal vê rebentar conflitos armados em Angola, em Luanda e nas terras dos bacongos, perde de vez a Índia, assiste a revoltas palacianas como a de Botelho Moniz e motins como o do quartel de Beja. Incrédulo, o mundo acompanha o sequestro do Santa Maria, e compreende que algo vai mal no rincão à beira mal plantado.
Para analisar as causas e consequências de tudo isto, a Alagamares reuniu no Legendary Café, em Sintra, um animado grupo de tertulianos que, interessados, ouviram  histórias contadas por quem fez História, contadas por Carlos Matos Gomes, coronel comando e autor de vasta obra sobre a Guerra de África, e Rodrigo Sousa e Castro, capitão de Abril, membro do extinto Conselho da Revolução e responsável depois de Abril pela extinção da PIDE/DGS.
Foto de Pedro Macieira

Sem comentários:

Publicar um comentário