quinta-feira, 18 de abril de 2013

Cronologia de Sintra V- Dos anos sessenta ao 25 de Abril


1961
 III Salão de Arte de Fotografia de Sintra
Janeiro
5-Abre ao serviço o apeadeiro da CP na Portela de Sintra.
8- O programa TV Rural da RTP, do Engº Sousa Veloso faz uma reportagem na escola da Sarrazola, num curso de formação familiar rural.
Encerramento da Estalagem dos Cavaleiros.
Jorge de Melo é proprietário do Mont Fleuri.
O juiz de Sintra Guilherme Lourenço Pinheiro é nomeado director dos serviços de Censura.
29- As relíquias de D. Nuno Álvares Pereira vêm a Sintra.
Fevereiro
2-Laura Alves e sua companhia levam à cena “Boa Noite Betina!” no Carlos Manuel.
5-Inaugurada a iluminação pública no Largo Rainha D. Amélia, na Vila Velha.
António Mazzioti França é presidente do Hóquei Clube de Sintra (HCS).
8- A Câmara de Sintra vota um protesto pelo assalto ao Santa Maria pelo comandante Henrique Galvão.
Abril
21-Alfredo Ventura presidente do Sintrense
Junho
17-Abre o Hotel das Arribas na Praia Grande (ainda sem piscinas).
Agosto
15-V Festival de Sintra

Setembro
18- Queluz é promovida a freguesia
Outubro
Nas bodas de ouro do Sport União Sintrense actuam Alice Amaro, António Calvário e Madalena Iglésias, no Carlos Manuel.
22-Abre o “Café-Bar” de Pêro Pinheiro, de José Quintans Botelho Rodrigues.
Dezembro
5- A capela de S. Mamede, em Janas, a igreja da Terrugem e a igreja de Santo António, no Penedo, são classificadas de interesse público pelo decreto nº 44075
29-Manifestação em Sintra contra a ocupação de Goa, Damão e Diu pela União Indiana.
Inauguração da luz eléctrica em Rio de Mouro
1962
Janeiro
5- É criada a freguesia de Algueirão-Mem Martins, por influência de Isaías Paula, João Cordeiro e Francisco Fernandes entre outros (DL 44147), sendo seu primeiro presidente o veterinário Francisco Fernandes
Lourel de Cima inaugura um chafariz público
Fevereiro
Laura Alves representa no Carlos Manuel “Criada para todo o Serviço
17- Os Bailados Verde Gaio de Fernando Lima actuam no Carlos Manuel 
Março
15-Pelo despacho ministerial 28/62, é consagrada a obrigatoriedade do registo predial em Sintra 
Abril
6- António José Pereira Forjaz presidente do Sintrense
11-Inaugurados os correios de S. João das Lampas
Maio
Inauguração por Américo Tomás da Tabaqueira
Inauguração das novas instalações do Hóquei Clube de Sintra, sendo presidente Rui Cunha 
VII Grande Rali de Sintra
Junho
Inaugurado o salão de chá do Ramalhão de José de Almeida
Julho
12- Inaugurado o novo posto de turismo no edifício do antigo Hotel Costa, na Vila.
Agosto
A Filarmónica de Pêro Pinheiro fica em 2º Lugar no Festival Mundial de Bandas, em Kerkrade, na Holanda, tendo uma recepção apoteótica à chegada 
                       Amália Rodrigues em Sintra com o Visconde d'Asseca
Outubro
É inaugurado o Colégio D. Afonso V.
Dezembro
11-Morre o Arq. Norte Júnior, arquitecto entre outros do casino de Sintra(hoje Centro de Arte Moderna)
15- Edgar de Bragança Soares comandante dos Bombeiros Voluntários de Sintra 

1963
A Quinta dos Pisões encontra-se na posse de Eduardo Henry Gallway.
A propriedade do Convento da Trindade é pertença de Sra. D. Irene Seixas.
O Convento da Penha Longa entra na posse do Dr. Francisco Correia de Campos.
Abril
24- No Cabo da Roca colidem o Louise Gorthom com o espanhol Virgen de La Esperanza
Junho
19-Richard Nixon, antigo vice-presidente dos EUA, visita Sintra e almoça em Seteais 

O Jornal de Sintra noticia que há falta de bacalhau em Sintra.
Setembro
As festas de N. Sra do Cabo decorrem em S. Pedro de Penaferrim
Construção da Barragem do Rio da Mula, projecto de Ressano Garcia.
Início da urbanização (clandestina) de Casal de Cambra.
A Escola Comercial e Industrial de Sintra, em Agualva Cacém, passa a chamar-se Ferreira Dias
O Convento de Sant’Ana do Carmo pertence ao 4º conde das Antas
1964
Janeiro
12- A tripulação do navio almirante Springfield da 6ª esquadra do Mediterrâneo janta no Hotel das Arribas e faz um jogo particular com o Sintrense.
21-Dois conhecidos meliantes, o “Portugal Nunes” e o “Parafuso” assaltam o estabelecimento Capote, na Estefânea, sendo dominados pelo guarda-nocturno Ventura Luís dos Santos
25-Primeira apresentação do agrupamento musical sintrense “Diamantes Negros” 

Fevereiro
1-O grupo cénico do Sintrense representa “O Natal do Zé Caniço” na Assafora.
É presidente dos Bombeiros Voluntários de Sintra Domingos Francisco Veloso Lima.
9-IX Rali das Camélias, vencem Horácio de Macedo e César Torres.
11-É inaugurada a “Casa dos Frangos” em Colares, de Amílcar Augusto Gil.
É presidente de “Os Aliados” de S. Pedro Miguel António Pedroso.
São inauguradas as instalações das Publicações Europa-América.
O sintrense Salvador Salvado Garrido é nomeado embaixador de Portugal na Colômbia.
Abel Simões de Carvalho é presidente da Junta de Freguesia de Colares.
Sai o corso de Mucifal organizado por Agostinho Limpo, David Tomás e Miguel Lavrador entre outros (vai até à Vila, passando por Galamares).
Abre o restaurante “Chaby” em Mem Martins, com gerência de Secundino Gonçalves Queiróz.
Abril
16- Rainier e Grace do Mónaco visitam Sintra, sendo obsequiados por Jorge de Melo com um almoço na Quinta da Ribafria. 
O capitão Américo Santos é provedor da Santa Casa da Misericórdia. 

22-Américo Tomás inaugura o bairro das casas económicas da Tabaqueira, com 241 fogos.
Maio
23- O cénico do Mucifalense apresenta “Os Fidalgos da Casa Mourisca” encenado por Carlos Borges.
31-Carlos Moreira abre um talho na Praia das Maçãs.
Junho
Morre Pedro Costa Azevedo, pai de José Alfredo e velho republicano de Sintra.
Sérgio Calisto Mota é presidente da Banda de Colares.
No Tramagal, o Sintrense sobe à 2ª Divisão de Futebol. 

21-Inauguração da escola primária de Janas.
Veríssimo Novo é treinador do Sintrense
Julho
15- A Câmara cria o Gabinete Técnico de Urbanização e Obras, coordenado pelo vereador Sena Santos.
22-Em S. Pedro de Penaferrim casam o Duque Amadeo d’Aosta e Claude de França.
28- O futuro escritor e professor M. S. Lourenço licencia-se em Histórico-Filosóficas, em Lisboa.
Começam obras de urbanização da Urbanil em Rio de Mouro.
Agosto
1-Inauguração na R. Alfredo Costa da agência em Sintra da Caixa Geral de Depósitos.
Decorre o VIII Festival de Sintra e o XVII Concurso Hípico, no campo do Sintrense. 
                             O Visconde d'Asseca nas festas do Mucifal
Setembro
O circo Texas está na Portela e a barbearia Lúcio recebe grandes melhoramentos.
Dezembro
5-Francisco José actua no Colarense.
Neste ano, Noel Azevedo Cunha é presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho, Vicente António Soares secretário, e Joaquim da Silva tesoureiro.
1965 
Construção por Augusto Alfredo Pais do Parque Industrial das Galegas, em Montelavar
Américo Nunes vence o Rali das Camélias.
Criada em Vale Flores, S.Pedro, a fábrica da Inapa
Que mulheres!” vai à cena no teatro do Sintrense, na Estefânea.
Volta a organizar-se o Carnaval do Mucifal, sendo do júri Natalina José, Leite Pereira, Nunes Correia e Fernanda Baptista, entre outros. 
               Grupo de Arquitectos Paisagistas na Serra de Sintra 1965 autor desconhecido)
                                                                                             Àlvaro Ponce Dentinho
                                                                                      Gonçalo Ribeiro Teles, João Reis Gomes
                           Ilídio Figueiredo, Francisco Caldeira Cabral, Joaquim Elias Gonçalves, Edgar Sampaio Fontes, Artur Dinis Raposo
                                                      Ana M. Pais de Azevedo, Fernando dos Santos Pessoa, José Marques Moreira
Março
21-António Calvário e Paula Ribas actuam na Tuna Operária de Sintra.
Inaugurada a nova sede da Junta de Freguesia de Belas.
Nos Limpos, no Mucifal, decorre uma “Noite de Estrelas”, com José Castelo, Fernanda Baptista e Mariette Pessanha, entre outros.
Abre o Hotel Miramonte, em Colares, com gerência de José Alberto Araújo Pereira.
Abril
15-Tony de Matos actua no Colarense.
24- inaugurado o posto da GNR de Mem Martins
Junho
18-Vindo do Ultramar, é apoteoticamente recebido em Galamares Hélder José Martins, com homenagem no salão local.
27- O grupo cénico do Mucifal, dirigido por David Tomás, encena “Raça”.
Maria Rita Albuquerque Baptista é professora primária em Galamares.
Agosto
16-IX Festival de Sintra, encerrado pelo presidente Américo Tomás a 1 de Setembro com a actuação da The Natural Youth Orchestra, do Reino Unido.
Em Gondomar, Cipriano Raio sagra-se campeão nacional de tiro.
Descerrado no Parque da Liberdade um busto de Artur Anjos Teixeira, da autoria do seu filho Pedro.
Setembro
18- Pelo decreto 43920 Queluz é elevado a vila
25-Américo Tomás inaugura o Grémio da Lavoura de Colares.
25-Inaugurada a luz eléctrica na Assafora.
Fernando Moreira é maestro da Banda de Colares.
Dezembro
11- O Colarense promove uma noite yé-yé com os Diamantes Negros.
No reveillon do Hotel das Arribas actuam Toni de Matos, Mariema, e Humberto Madeira, apresentados por Armando Marques Ferreira.
23-Acidente ferroviário em Sintra com o choque de 2 comboios, um de passageiros e outro de mercadorias, provoca 18 mortos, entre a Portela e Mem Martins 
Neste ano abrem a estalagem Gruta do Rio, em Rio de Mouro, o Hotel de Vale de Lobos e o Hotel das Arribas, na Praia Grande
No Natal de 1965 abateram-se no matadouro de Sintra 116 reses, 4 cavalos, 129 vitelas 80 porcos e 415 borregos.
                                Court de ténis no Parque da Liberdade
1966
Janeiro
Abre remodelado o Cynthia Café, junto à estação da CP de Sintra, com projecto do arq. Luís Curado, das Lameiras.
Fevereiro
Inaugurada a agência do Banco Burnay em Pêro Pinheiro.
Março
José António de Araújo é presidente do HCS (Hóquei Clube de Sintra)
Abril
29-Bénard da Costa ministra um curso de iniciação ao cinema no Palácio Valenças, exibindo Citizen Kane.
Maio
5-Inauguração das piscinas da Praia Grande, no Hotel das Arribas.
Junho
Inauguração do posto da GNR de Pêro Pinheiro.
Agosto
Inauguração da Estrada Várzea de Sintra-Fachada.
A banda de Pêro Pinheiro ganha 3º lugar no concurso de bandas em Kerkrade, na Holanda.
Setembro
Incêndio na serra de Sintra provoca 25 mortos entre os militares que o combateram. 

25- Fundado o rancho folclórico As Lavadeiras do Sabugo
No Hotel das Arribas, no reveillon, actuam Paula Ribas e José Viana, entre outros.
1967 
Janeiro- Fundação da União Recreativa das Mercês
Abril-Inauguração do mercado de Mem Martins 
Maio
Anunciado um telefone público para a estação da CP de Sintra.
Junho
17-Morre a pintora ligada a Sintra Milly Possoz
Julho
14- Inauguração do Café e Pastelaria Bibió, de Júlia Sequeira Paulo, na Praia das Maçãs.
Agosto
O grupo Tivoli adquire o Hotel Nunes, na Vila, para erigir um novo hotel. 
Setembro
2-Inauguração do Posto de Turismo da Praia das Maçãs
Outubro
Inaugurada a carreira Albarraque-Sintra.
Novembro
19-Inaugurada a nova sede de “Os Aliados” em S. Pedro (a actual)
25 -Cheias na zona de Lisboa afectam Cacém, Belas e Queluz provocando 12 mortos na região de Sintra.
Fundação do Grupo Coral de Queluz
1968
A gestão dos jardins de Monserrate passa a ser da responsabilidade da Direcção-Geral das Florestas. 
                                Sintra nas notas de 50 escudos de 1968
Reconstrução da fonte extra-muros no Convento da Trindade, que havia sido destruída pela queda de uma árvore de grande porte.
Revestimento do torreão principal do Palácio da Pena.
Janeiro
10-Morre aos 67 anos o presidente da Câmara D. António Corrêa de Sá, visconde de Asseca. Foi presidente de 1961 a 1968, vereador de 1947 a 1960,testamenteiro de D. Manuel II e sua esposa Augusta Victória e chamberlain da rainha D. Amélia já no exílio.
28-Inaugurada a iluminação pública em Sacotes.
Fevereiro
Aprovado pela CMS o anteprojecto do novo liceu de Sintra, na Portela, posto a licitação por 6252 contos e adjudicado a Luís Romão. 
Março
9- Abre em Mem Martins a alfaiataria Lucanda 
Abril
Nomeado presidente da Câmara o coronel Joaquim Mendonça Duarte Pedro, antigo governador de Cabo Verde 
20-Depois de prestar provas, Joaquim Simplicio dos Santos passa a cirurgião diplomado.
Junho
Electrificação do parque de jogos do 1º de Dezembro.
27-A Tuna Recreativa Mucifalense leva à cena “O Morgado de Fafe Amoroso”.
Julho
Inaugurada em S. Pedro a Adega-Bar dos Arcos, de José Lopes.
14-Inaugurada a luz eléctrica e água canalizada em Campo Raso.
Agosto
Durante 3 dias falta a água em Sintra.
O Jornal de Sintra refere que jogar as cartas nos comboios da CP se tornou uma moda, mais parecendo estes autênticos casinos…
Os jardins de Monserrate passam para a gestão da Direcção-Geral das Florestas.
4-Inaugurada a luz eléctrica na Ulgueira.
28-Festa de despedida de Pompílio Silvestre no HCS.
Setembro
4-Festa milionária em Colares, na Quinta Schlumberger. 

6- O Ten. Cor. Saldanha Fonseca é presidente do Sport União Sintrense.
20-Depois da queda de Salazar da cadeira, a Câmara de Sintra manda rezar uma missa na igreja de S. Martinho pelo seu pronto restabelecimento.
1969
Francisco Cordeiro Baptista comandante dos Bombeiros Voluntários de Sintra 
Março
23-Inaugurado o posto de correios de Mem Martins.
Maio
6-Inaugurado o posto de correios de Rio de Mouro.
13-Inaugurado o novo Grémio da Lavoura de Sintra.
Junho 
20-Criado o Grupo Recreativo do Pendão
24-I Feira Industrial e Agro-Pecuária de S. João das Lampas.
Conclusão das obras na Barragem do Rio da Mula.
Julho
Abre ao público a ponte sobre o rio de Colares, junto ao Cantinho da Várzea.
3- O coronel Duarte Pedro demite-se de presidente da Câmara de Sintra.
12-Inaugurado o novo posto clínico de Pêro Pinheiro.
Inaugurada a antena de televisão de Janas.
Setembro
13-Francisco Hipólito Fonseca presidente do Sintrense
21-José Hermano Saraiva, ministro da Educação inaugura o novo liceu da Portela de Sintra.
Concluídas as obras da Ponte Redonda, em Galamares
Outubro
6- No Cineteatro Carlos Manuel, Bénard da Costa e Lindley Cintra orientam uma sessão de propaganda da oposição democrática.
21-Comício da Oposição Democrática no Carlos Manuel, com Gustavo Soromenho, Salgado Zenha, Sousa Tavares Mário Soares, Sargo Júnior e Armindo Rodrigues.
26- Eleições: União Nacional 6143 votos (33,5%);CEUD 337 (2,1%)CEM 41 (0,2%) CDE 1904 (10,4%) 
27-Sintra elevado a concelho de 1ª classe (DL 49322)
Novembro
Américo Tomás inaugura bairro da fundação Gulbenkian na Venda Seca.
Inaugurado o parque de campismo de Almornos
1970
Criado o Espeleo-Clube de Sintra
Janeiro
António Pereira Forjaz presidente da Câmara. 

2-Inaugurado o Bairro Administrativo de Queluz.
Victor Casul presidente do Colarense.
O Conde de Sabrosa é presidente da Comissão Municipal de Turismo.
Guedes Vaz é presidente do Sport União Sintrense. 
Março 
Américo Nunes em Porche 911-S vence o Rali das Camélias.
Carlos Santos vence a Rampa da Pena.
Maio 
30-Inaugurado o posto de turismo do Cabo da Roca. 
Junho
Julho
Inauguração da luz eléctrica em S.Marcos.
II Feira Industrial de S. João das Lampas.
Agosto
Inauguração das novas instalações da Biblioteca de Sintra no Palácio Valenças.
20-Inauguração do posto de correios da Praia das Maçãs.
Setembro
Inauguração do restaurante “Apeadeiro”, em Sintra.
Encerra o Museu Paula Campos, nas Azenhas
28- Criada pela portaria 481/70 a repartição de Finanças de Queluz 
1971
Joaquim Agostinho vence o I Prémio Internacional de Sintra
Fundada na Abrunheira a fábrica da Puratos
Janeiro
12- Morre na Casa de Saúde do Telhal, José Pereira Ferraz, fundador da Associação de Caridade de Sintra.
19- Morre o arquitecto Faria da Costa, nasceu em Sintra em 1905
Abril
A FNAT (Federação Nacional para a Alegria no Trabalho) organiza um serão para trabalhadores em que participam entre outros Maria João Pires e Manuel Lereno.
Américo Tomás visita as obras da renovação da linha de Sintra.
Maio
Nos Encontros de Sintra participam Lagoa Henriques, Francisco Costa e António Quadros, entre outros.
António Raio é presidente do Hockey Club de Sintra.
Junho
18-O Decreto-Lei n.º 265/71, de 18 de Junho, estipula uma zona de protecção de 50m em redor do edifício da Cadeia Comarca de Sintra.
20-Morre Mário Travassos Valdez, ex-colaborador do Jornal de Sintra e ex-vereador.
Julho
Lenita Gentil, Gina Maria, Hermínia Silva actuam no Cineteatro Carlos Manuel.
Francisco Cardoso Salgado é presidente da comissão de Sintra do partido único, a ANP (Acção Nacional Popular).
A 34ª Volta a Portugal em Bicicleta passa em Sintra, ganhando a etapa Colares-Pena Joaquim Agostinho.
Fernando Lopes Graça e Nela Maissa actuam no Festival de Sintra.
Setembro
19-Marcelo Caetano visita Sintra (Queluz).
Outubro
Sequeira Costa e Maria Germana Tânger participam nos encontros de Sintra.
Viana da Mota é homenageado em Colares, onde viveu na infância.
28- A Escola Industrial e Comercial de Sintra passa separa-se em 2: Ferreira Dias e Gama Barros
João Pimenta inicia a urbanização intensiva na zona de Sintra com as construções J. Pimenta.
Dezembro
31- Morre o dono da “Camélia” Júlio Pinto Tavares

1972 
Vereação da Câmara:Conde de Sabrosa, João Justino, Eduardo Galrão Jorge,Francisco Cordeiro Baptista, Francisco Duarte Filipe, Rui Villas Boas. Carita Silvestre (abaixo) vice presidente.


Eduardo Rodrigues Cardoso é administrador do Bairro Administrativo de Queluz. 
Criado o Centro de Espeleologia de Exploração Subterrânea
Sintra inaugura um serviço de bibliotecas itinerantes
Jesus Franco filma em Sintra "Drácula contra Frankenstein"
 
Francisco Cordeiro Baptista é presidente dos Bombeiros Voluntários de Sintra.
Na Junta de S. Martinho Noel Cunha é presidente, Silvino Freitas secretário e António Conceição Baptista tesoureiro. 
20- Inaugurado o dispensário materno- infantil, na R. Miguel Bombarda, Sintra
27- Os comboios de Sintra passam de 95 para 148
Guedes Vaz presidente do Sintrense 
Por esta altura, 200.000 turistas visitam o Palácio da Pena (1971)
Fortunato Santos Limpo presidente dos Bombeiros de Colares
Março
12- Inaugurado um monumento aos Bombeiros no cemitério de Colares
Guilherme Tomás Firmino presidente da SRM Almoçageme 
Maio
4- Decorrem no Palácio Valenças os II Encontros de Sintra, com Hernâni Cidade, Tânia Achot, Vitorino Nemésio,(palestra a 24 de Maio no Valenças) Jorge Listopad entre outros.
7-Inaugurado o quartel dos Bombeiros Voluntários de Colares, sendo comandante Henrique Lopes.
Inicia-se a urbanização de Rio de Mouro, a cargo da empresa Urbanil.
Junho 
1- O Hospital de Sintra passa a ter serviço médico permanente
3- Inaugurada cantina na firma J. Pimenta
Rui Cunha é provedor da Santa Casa da Misericórdia de Sintra(até 1998) 
 Julho
7- A portaria 374/72 extingue a Cadeia de Sintra. 
31- Fundado em Mem Martins o Arsenal 72
Agosto 
8-XVI Festival de Sintra
A imprensa relata a falta de água persistente em Sintra no Verão
16-Incêndio nas Mercês mobiliza 350 bombeiros
19-É inaugurada a central de betão da firma Duartes.
Avelino Sousa Gl presidente da SUS  
Setembro
3-Grande Prémio de Sintra de Ciclismo
10- Realiza-se um cortejo de oferendas a favor do Hospital de Sintra. 
20- Palestra de Jorge Listopad no Palácio Valenças
20- O governador civil de Lisboa, Afonso Marchueta, inaugura melhoramentos viários no concelho de Sintra
23-Nos Bombeiros de Colares a companhia Proscenium, dirigida por Pedro Lemos, leva à cena a peça "Peraltas e Sécias"
25-Ricardo Graça preside á concelhia da Acção Nacional Popular(que inclui Matos Manso e Viana Ruas, entre outros)
Outubro
21- Fundação da cooperativa de habitação Coopalme 
Novembro
2- Abre o posto da "Caixa" em Mem Martins
16-Morte de José Parracho Filipe
Dezembro
2- Morte de Carlos Almeida, fundador da Casa do Preto, em S. Pedro
8-Inauguração da luz eléctrica em Aruil
Neste ano surge a primeira revista do Grupo Desportivo de Fontanelas e Gouveia, “Novas Sementes”
1973
Reparações exteriores e construção de instalações sanitárias na Sacristia na Igreja de Santa Maria.
A escritora Anne Hempson escreve Blue Hills of Sintra
Campanha de prospecções e sondagens efectuadas na estação arqueológica de Santa Eufémia por Gustavo Marques.
Janeiro
6-Inaugurada a luz eléctrica em Manique de Cima.
Fevereiro 
17-No XVIII Rallye de Sintra vence Luís Neto em 124 Spyder
Fevereiro
23- Morre o Engº Carlos Santos, antigo presidente da Câmara 
25-Inaugurada a luz eléctrica em Albogas. 
António Carraça da Silva é presidente da Liga dos Amigos da Rinchoa
Março
3- Morre o professor José Roda
19-Abre a drogaria Roneberg, na Estefânea, Sintra.
Abril
3-Ferreira de Castro doa o seu espólio a Sintra. 
12- Os Baetas abrem um supermercado na Estefânea
25-Morre Edgar Bragança Soares, comandante dos Bombeiros de Sintra e antigo campeão do mundo de hóquei em patins

A Comarca de Sintra sobe a 1ª classe.
Maio
11-Morre o radialista José de Oliveira Cosme, natural de Almoçageme
14-A luz eléctrica chega a Faião, Casais, Silva e Cabrela.
Decorrem os Encontros de Sintra. 
Junho
7-O príncipe  Filipe de Inglaterra visita Sintra
12-Inaugurada na Rinchoa a R. dos Girassóis
16- Visita a Sintra da Associação Regional do Sul da Imprensa Não Diária
22-Fogo na serra, entre Malveira e Biscaia  
Julho
5-Fundado o Grupo Folclórico de Belas
14-O Grupo Desportivo das Mercês passa a designar-se Grupo Desportivo de Rio de Mouro, Rinchoa e Mercês
29-Inauguração do campo de jogos do MTBA.
Agosto
3- Francisco Branco Catalão comandante dos Bombeiros Voluntários de Sintra 
20-XVII Festival de Sintra
Demitidos 31 bombeiros de Mem Martins que pediram a demissão do comandante 
Setembro
29-Os bens da extinta Associação de Caridade de Sintra são integrados na Misericórdia de Sintra. 
29- Luz eléctrica em Pernigem, Aldeia Galega, Chilreira, Codiceira, Sacário, Fachada e Rio de Cões
Outubro 
4- Criada a Escola Visconde de Juromenha
6- Abre o posto de correios do Sabugo
29-Abre o café Académico, na Portela de Sintra.
Novembro
10-A luz eléctrica chega a Godigana e Carne Assada.
É extinta a Associação de Caridade de Sintra revertendo os seus bens para a Misericórdia. 
18-Inaugurado o campo de futebol de Rio de Mouro
Hermínio Braga Varandas é presidente do Sintrense
Dezembro 
29- Inaugurada a sede da Junta de freguesia de Mem Martins, oferta da Beirobra
31-Encerra a papelaria “Camélia” de Júlio Pinto Tavares, na Vila Velha.
Neste ano, José Valentim Lourenço encena em Fontanelas a revista “Criada provinciana”
1974 
Inaugurado o campo de futebol do Ginásio 1º de Maio, em Agualva Cacém
Entra em funcionamento o Centro Operacional de Satélites em Alfouvar, perto de Negrais
Janeiro 
5- Abre o restaurante Ad Hoc, de Francisco Catalão
12-Inauguração da sede da Liga dos Amigos da Rinchoa
13-Festa dos Avós em S. Pedro, onde Marcelo Caetano participa como "avô" 
20- O Ministro do Interior, Moreira Baptista, visita Sintra.


26-Francisco Cordeiro Baptista administrador do Bairro Administrativo de Queluz


O bacalhau custa por essa época trinta escudos o quilo (15 cêntimos).
Fevereiro
O Grupo Dramático do Mucifal leva à cena nos Bombeiros Voluntários de Colares a peça “Recordar é Viver”.
António Casul Reis é presidente do Sport União Colarense.
IV Encontros de Sintra. 
Março
1- Entrada em funcionamento do Centro de Saúde de Sintra, dirigido por Aires Gouveia
António Nunes é treinador do Sintrense
Abril
2-Visita a Sintra do Lord Mayor de Londres, Sir Hugh Wontner 
Com o 25 de Abril, demite-se a Câmara. No Jornal de Sintra de 27 de Abril, o edital 38 da CMS anuncia estar aberto concurso para "desinfectação e desratização no concelho"... 
Maio
1-Grande manifestação em Sintra assinala o primeiro 1º de Maio e a recente revolução de 25 de Abril. 


24- Vitor Roneberg preside ao grémio, agora Associação de Comerciantes do concelho de Sintra
25- Reúne-se em Colares a comissão local da CDE, o partido que vinha da oposição democrática, intervindo José Alfredo Azevedo e Maria da Graça Forjaz
Junho
14-Toma posse a Comissão Administrativa da CMS pós 25 de Abril, composta por José Alfredo Costa Azevedo (presidente) José Joaquim de Jesus Ferreira, Aristides Campos Fragoso, Lino Paulo, Jorge Pinheiro Xavier, Cortêz Pinto, Álvaro de Carvalho, Manuel Monteiro Vasco, Carlos Quintela, António Manuel Carvalheiro, Manuel Maximiano e Mário Barreira Alves. 

Valério Chiolas é presidente da Comissão Administrativa de Colares. 
11-Carlos Galrão preside aos Espeleólogos de Sintra
19- Comício do MDP/CDE no Carlos Manuel, com José Tengarrinha
19- Fundação do Grupo Cultural e Recreativo de Rio de Mouro 
O Jornal de Sintra custa nessa altura dois escudos (1 cêntimo). 

24-Luis Pedroso Miguel é presidente do Mem Martins Futebol Clube. 
28- Morre o padre José Oliveira Boléo
29-Morre o escritor e grande amigo de Sintra Ferreira de Castro.
Julho
1- Comício da Comissão Administrativa da Câmara no ringue do Parque da Liberdade
Fecha a fábrica de queijadas Mathilde, de Manuel Soares Barreto. 
O PCP ocupa o edifício da cadeia comarcã. 
10-
13-Morre Raul Lino, arquitecto com vasta obra em Sintra.

24-Comício do PS no Cineteatro Carlos Manuel, com Sargo Júnior, Maria Barroso, Jorge Campinos e José Alfredo.
O Liceu Nacional de Sintra aprova uma moção defendendo a sua professora Maria Almira Medina, injustamente atacada.
Decorre uma polémica em torno da não abertura do Hospital de Sintra.
Agosto
15- Abre em Cabriz o restaurante "Curral dos Caprinos"
Setembro 
8-Festas de Nossa Senhora do Cabo em S. João das Lampas
20-Hermínio Lopes de Sousa presidente do Sintrense
24-Assinada a cedência do espólio dos escultores Anjos Teixeira, pai e filho, à Câmara de Sintra.
António Costa Alcobia é presidente da Comissão Administrativa da Junta de S. Martinho.Compõe a junta António Luís Pedro Baptista, Luís Oram Soares,Maria da Graça Macedo Forjaz e Albino Morais Calinas. Outras juntas: Agualva Cacém-José Manuel Cunha Ferreira, Algueirão-Mem Martins, Rogério Solano da Silva; Almargem do Bispo Alberto Rodrigues Almeida; Belas Guilherme Dias; Colares Valério Chiolas; Montelavar Romualdo Cipriano;Queluz Salvador da Luz; Rio de Mouro Américo Serronha; S. Maria e S. Miguel António Faria; S. João das Lampas Joaquim Pedro;  S. Pedro, Pedro Soares Santos;  Terrugem Josué Duarte Gaspar.
30- O Hockey Clube de Sintra sobe à I Divisão
Outubro
31-Inauguração da luz eléctrica no CF Os Montelavarenses
Novembro
15-Armando Esteves Pereira presidente do HCS
Flagelo da construção clandestina em Casal de Cambra 
Um ministro nesta altura ganha 26 contos (cento e trinta euros) que podem chegar a 35 com ajudas de custo.
Dezembro
13-Abre o supermercado Carôço em Mem Martins
19- Norberto Lopes Leal presidente dos Bombeiros de S. Pedro 
21-Pelo DL 735/74 o monumento do Outeiro das Mós, na Praia das Maçãs (tholos) é classificado como monumento nacional. 

Francisco Barreto das Neves passa a gerência da Sapa para Maria Fernanda das Neves



Outras cronologias

1880-1910


1910-1926


1927-1945


1946-1959


1975-1989


1990-2001


2002-2013

 

Sem comentários:

Publicar um comentário