sábado, 20 de julho de 2013

Alagamares visita Castelo dos Mouros- 4 de Agosto



Dia 4 de Agosto, domingo, pelas 10.00h, a Alagamares promove um passeio histórico ao Castelo dos Mouros, após a intervenção no conjunto, inaugurada no passado dia 5 de Junho, de que resultou nova oferta de serviços. Entrada gratuita para munícipes de Sintra, que se deverão acompanhar de identificação. Inscrições para

alagamaressintra@gmail.com . Encontro junto à bilheteira do Castelo dos Mouros pelas 9h45m.Acesso em autocarro, para quem quiser, a partir da Estação da CP de Sintra, pelo autocarro 434, conforme horário abaixo

Este é o resultado do projecto "À Conquista do Castelo", que implicou um investimento de 3,2 milhões de Euros, cofinanciado em 600 mil Euros pelo Programa de Intervenção do Turismo (PIT) e no remanescente pela Parques de Sintra. O objectivo centrou-se na valorização global e no restauro do Castelo dos Mouros, monumento que contou com cerca de 269.000 visitas em 2012.A partir de agora os visitantes poderão desfrutar de um novo espaço de acolhimento, constituído por uma cafetaria com esplanada, loja e bilheteira, bar, instalações sanitárias e ainda uma envolvente paisagística recuperada (repondo a ambiência romântica preexistente), bem como caminhos de acesso e de ronda totalmente requalificados e iluminados. Foram também restauradas as duas cinturas de muralhas e a Cisterna (que passa agora a ser visitável). Foi ainda aberta ao público a Casa do Guarda do Castelo, situada na segunda cintura de muralhas (fora do perímetro pago), após recuperação e adaptação como cafetaria, esplanada (com vista panorâmica para a Serra) e instalações sanitárias. Neste projeto destacou-se particularmente a metodologia de restauro das muralhas, cuja datação das várias fases construtivas da parte principal foi estudada pelos especialistas em Arqueologia da Arquitectura do Centro de Ciencias Humanas y Sociales de Madrid, e cuja definição das argamassas adequadas foi realizada com o apoio do Instituto Superior Técnico. De destacar também a opção arquitectónica de utilização de madeira das árvores removidas nas limpezas florestais na Serra (espécies infestantes, neste caso específico, a Acácia) para o revestimento e mobiliário dos edifícios e passadiços, criando desta forma um ambiente em relação directa com a natureza envolvente. O projecto "À Conquista do Castelo" foi antecedido e acompanhado pela realização de escavações arqueológicas, com campanhas realizadas em parceria com a Universidade Nova de Lisboa (desde 2009). Estas investigações apoiaram as intervenções de recuperação e aprofundaram a informação histórica sobre o local. A descoberta de elementos como mais de três dezenas de sepulturas medievais cristãs (com cerca de 2 a 3 enterramentos em cada), vários alicerces de habitações muçulmanas e objectos do Neolítico (por exemplo, um vaso cerâmico completo do 5º milénio A.C), conduziu à reconfiguração do projecto inicial para permitir mostrar ao público os principais achados.

Sem comentários:

Publicar um comentário